Módulo conversor DC-DC GW1584, baseado em MP1584

O grande diferencial deste módulo é ser minúsculo, podendo assim ser instalado em espaços realmente apertados. Você consegue tirar 2A dele mas precisa de apenas um décimo do volume ocupado por módulos como os baseados em LM25XX. Siga o link que acabei de indicar se precisar saber o básico sobre o propósito de um conversor DC-DC chaveado.
GW1584_DSC01444_350_automalabs.com.br

MP1584_datasheet_TypicalApplication_automalabs.com.br

O esquema do módulo é bem semelhante ao circuito de aplicação típica acima, mas não é igual. Na imagem abaixo eu identifiquei os componentes tomando como base o exemplo acima.

GW1584_DSC00874_320_bright_marks_automalabs.com.br

A tensão de saída é ajustada em P1 e se mantém constante mesmo variando a tensão de entrada. Eu acho preocupante a escolha de um trimpot comum, “monovolta”, para esse módulo, pois um uma leve variação no ponto de contato provocada por sujeira ou envelhecimento gera uma grande variação na tensão de saída. Acho os módulos que usam trimpot multivoltas mais seguros. Mas mais seguro ainda é trocar o trimpot por um resistor adequado, porém pode ser bastante difícil encontrar o valor certo.

  • D1 – Baseado na inscrição “SS34” é provavelmente um diodo schottky 1N5822, que suporta no máximo 3A. Mas fabricantes como a Vishay só se referem ao diodo como “SS34” mesmo.
  • U1 – MP1584
  • R2 – 8K2
  • R3, R4, R5 e R6 – 100K

Em relação ao circuito de aplicação típico mostrado no datasheet:

  • Não há nenhum capacitor eletrolítico (nem na entrada, nem na saída);
  • O indutor é de 4.7uH (marcado 4R7);
  • O resistor ligado a FB (R2) nesta placa é de 100K, o que dá segundo o datasheet uma freqüência de operação de aproximadamente 1MHz.

Eu fiz um teste simples para determinar quanta corrente o módulo realmente suporta. Coloquei 19V como tensão de entrada (uma fonte de notebook), ajustei para 5V e coloquei uma carga resistiva que drenava uma corrente de 2A. A temperatura medida no módulo com um termômetro digital infravermelho foi de 85 graus. Deixei assim por um bom tempo e não houve alteração. Essa é a temperatura máxima de operação recomendada pelo datasheet (a máxima absoluta é de 150 graus). Então não é recomendado exigir do módulo mais que 2A sem refrigeração. Entretanto, segundo o datasheet, o CI possui proteção térmica e desliga se a temperatura subir demais.

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *