Apps Android para a criação de GUIs (HMI/MMI) de controle para seus projetos

Isso é basicamente um rascunho onde vou escrever minha opinião sobre algumas apps que testei.

O que me interessa:

  1. Poder criar uma ou mais telas (num tablet, uma tela pode bastar, mas num celular, nem sempre) com botões e indicadores a meu gosto;
  2. Não depender de internet, nem de servidores locais. Eu quero poder mandar mensagens diretamente para meus projetos, sem intermediários;
  3. Ter o controle sobre o conteúdo das mensagens, para poder criar meus próprios protocolos ou usar os que já uso.

NETIO – É uma app paga, mas é barata e atende os requisitos acima. Para cada botão na tela você pode definir um destino e mensagens distintos, logo numa mesma tela você pode mandar mensagens para diversos projetos. Você cria as telas em um editor online (não pode fazer no próprio celular), mas tudo é salvo em arquivos JSON que você pode baixar, guardar e editar em outros programas se quiser. Se o editor online desaparecer alguém da comunidade pode criar um editor offline, porque a app apesar de (para sua comodidade)  sincronizar via internet aceita que você coloque os arquivos manualmente na memória do telefone. Mas em anos a app e seu editor não evoluíram quase nada e NETIO está deixando a desejar em beleza e funcionalidade.

Para fazer múltipla seleção de elementos não clique, apenas segure SHIFT e mova o mouse sobre eles. Depois disso veja na aba seleção instruções para mover, dimensionar e apagar

A resolução definida no editor corresponde ao tamanho da janela que você vê, como parte do seu monitor. E não bate com a do dispositivo. Por exemplo, precisei definir 1050×1700 para o Samsung A5, que tem uma resolução de 720×1280.

Para aumentar as chances de que as páginas sejam exibidas corretamente em outros dispositivos, acrescente o atributo fittoscreen a cada página.

Não há opção de definir uma fonte no dispositivo ou uma relação entre a fonte no dispositivo e a do editor. Fontes muito pequenas no editor ficam muito grandes no aparelho, o que atrapalha muito o WYSIWYG.

Você pode especificar apenas arquivos PNG existentes no dispositivo, que não aparecem no editor, o que atrapalha muito o WYSIWYG.

VIRTUINO – Grande quantidade de opções de ícones para a GUI a tornam muito mais atraente que o NETIO, mas você não tem controle sobre o conteúdo das mensagens e por isso precisa usar as bibliotecas do Virtuino. Pior que isso, as opções padrão são muito engessadas, porque ele espera que cada comando seja para acionar ou ler um certo I/O no arduino. Você não pode, por exemplo mandar um código com um comando a ser interpretado, o que dificulta a criação de interfaces de controle remoto IR por Wi-Fi. Entretanto se o que você quer é justamente com alguns toques na tela definir que um botão x acione a saída y no arduino, Virtuino pode ser uma ótima escolha.

Tem suporte ao ESP8266 ESP-01, mas apenas como interface Wi-Fi, controlada por comandos AT (como vem de fábrica). Não tem suporte a programar um ESP-01 como se fosse um arduino.

O editor fica no próprio aparelho.

REMOTE XY – A versão free da app é bastante limitada e a paga custa hoje R$22. Editor online. Mais bonito que o NETIO mas com menos opções de elementos que o Virtuino. Não parece ter opção de fazer o download dos projetos. Não parece fazer proveito de telas grandes. Requer que você use um arduino e um módulo de comunicação (não permite usar um ESP-01 como se fosse um arduino). Elementos na tela são ligados diretamente ao I/O do arduino (você não pode definir mensagens).

This entry was posted in Informação. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *