Adaptador PoE (Power Over Ethernet)

Muita gente não sabe disso mas normalmente em uma rede ethernet CAT5 ou CAT5e apenas 4 dos 8 fios são de fato usados. O padrão PoE surgiu para aproveitar esses quatro fios que sobram para alimentar aparelhos como câmeras IP, roteadores, etc.  Em um sistema PoE “real” o próprio switch se encarrega de alimentar os aparelhos. Mas esses switches são caríssimos!. Dá para fazer algo parecido usando esses adaptadores, mas é preciso saber o que se está fazendo e levar em conta as perdas no cabo.

Você sempre precisa de um par. De um lado é conectada a fonte e do outro é conectado o aparelho onde a fonte seria plugada.

Mais sobre PoE

Uma instalação PoE “real” pode ser capaz de transmitir energia até mesmo pelos pares que estão sendo usados para dados (indispensável em redes Gigabit). Mas para isso tanto o switch quanto o aparelho do outro lado tem que ser compatíveis com a técnica “Phantom Power”.

PoE “real” usa no mínimo 44V, porque quanto maior a tensão, menor a corrente para uma determinada potência. Isso não impede você de fazer PoE “doméstico” com meros 12V, mas precisa ter em mente que dependendo da distância pode chegar bem menos que 12V do outro lado. A técnica mais comum é aplicar uma tensão alta no cabo para reduzir a corrente trafegando por ele (e consequentemente o calor e as perdas) e na ponta de consumo usar um conversor DC-DC chaveado com saída ajustada para a tensão requerida.

Tags:

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *