Tag Archives: email

ESP8266: Como enviar email pelo GMAIL.

O processo é muito parecido com o usado para enviar email criptografado para outros provedores. Os detalhes a atentar são:

  1. Você precisa configurar a conta gmail para permitir o acesso de “aplicativos menos seguros”, por isso é recomendável que você crie e configure uma conta no gmail só para isso;
  2. O servidor é smtp.gmail.com e a porta é 465;
  3. Nos campos “MAIL from” e “RCPT to” você deve preencher apenas o email, assim: <usuario@servidor.com> . Do contrário dará “syntax error”.

Erros que você pode encontrar:

  1. “MAIL first” – Neste momento o servidor esperava o comando “MAIL from:”
  2. “RCPT first” – Neste momento o servidor esperava o comando “RCPT TO:”
  3. “Syntax error” – Remova o “nome” da caixa postal. Deixe apenas o endereço de email;

Por que “aplicativos menos seguros”? Existe modo de contornar isso?

Aparentemente, não.

O gmail não parece explicar em lugar algum o que faz o aplicativo ser seguro ou não no conceito da Google. A minha suspeita é que tenha algo a ver com data/hora (para validar certificados) por duas razões:

  • As apps “seguras” da google também recusam seu login se, por exemplo, a data/hora do seu celular Android estiver errada;
  • Quando você habilita o debug “Core +SSL” do ESP8266 é exibida uma mensagem: “pelase start sntp first!” assim que você faz uma conexão criptografada. O autor da biblioteca, Igor, diz que essa mensagem é do SDK da Expressif e não dele e você pode “ignorá-la com segurança“, mas SNTP significa Simple Network Time Protocol e se o SDK quer que você tenha o horário correto antes da conexão, alguma razão existe.

E eu não faço idéia de como fazer o protocolo de comunicação ser configurado com data/hora corretos nem se isso seria suficiente.  A Google possivelmente quer se certificar de que você está validando o certificado dela antes de transmitir, mas isso é só um palpite.

 

Postado em Sem categoria | Tags: , | Deixe um comentário (responderei para o seu e-mail)

ESP8266: Como enviar e-mail por uma conexão criptografada (SSL/TLS).

Em um post anterior eu mostrei como se enviava e-mail e adverti para o fato de que a conexão não era segura e as credenciais podiam ser interceptadas (além do fato óbvio do e-mail poder ser lido). Eu achei que enviar por uma conexão segura fosse muito complicado, mas descobri que não é. O problema é que usa muita RAM. O email sem criptografia te deixa com 46KB livres para o resto do seu programa enquanto este aqui te deixa com “apenas” 18KB. Lembre-se de que isso ainda é 9x a RAM total de um Arduino UNO.

Sobre fingerprints e validação de certificado

Se você usa um servidor de e-mail numa conta compartilhada, como é o caso da hostgator, o certificado não vai validar se você colocar o nome do seu domínio como servidor. Você tem que obter o nome correto do servidor de e-mail que atende a sua conta. Na hostgator isso pode ser visto no cPanel.

Por exemplo, meu servidor de e-mail normal seria: meudominio.com.br ou mail.meudominio.com.br mas para validar o certificado eu preciso colocar gator1234.hostgator.com.

O exemplo abaixo é uma adaptação simples do exemplo que não usa criptografia.

Por alto, as diferenças são 4:

1)Acrescente: #include <WiFiClientSecure.h>

2)Acrescente: const char* fingerprint = “fingerprint_aqui”;

3)Mude: WiFiClient client; para WiFiClientSecure client; 

4)Acrescente a validação de certificado logo após a conexão:

 

Postado em Sem categoria | Tags: , | Deixe um comentário (responderei para o seu e-mail)