ESP8266: Como enviar um e-mail a cada x minutos em caso de alarme.

Este exemplo é uma aplicação desse.

Está configurado para mandar dois e-mails diferentes para um mesmo destinatário. Um quando a condição for ativada (repetindo a cada x minutos) e outro quando for desativada.

Para criar uma versão com criptografia, veja instruções neste post.

 

This entry was posted in Informação and tagged . Bookmark the permalink.

2 Responses to ESP8266: Como enviar um e-mail a cada x minutos em caso de alarme.

  1. Cláudio says:

    Jefferson, que interessante esse seu post. Por uma coincidência essa semana eu me rendi ao ESP8266 e comecei timidamente a experimentar com essa plataforma. Adquiri um módulo NodeMCU e estou devagarinho estudando como fazer as coisas.

    Ter conectividade numa plataforma embarcada abre um mundo de possibilidades. Onde antes com um arduino era preciso usar gambiarras para capturar dados (como uma interface Bluetooth serial por exemplo), agora eu posso ter o meu dispositivo acumulando uma série de dados e de tempos em tempos descarregando para um destino remoto.

    Além disso, a possibilidade de fazer atualizações OTA (over-the-air) usando WiFi torna simples demais evoluir o código em um projeto que já está instalado em sua localização final, sem ter de ficar se preocupando em levar o micro até o dispositivo. Fantástico!

    Sobre a notificação por email do estado do alarme: uma outra forma que eu vejo de fazer isso é usando a plataforma de orquestração de eventos IFTT (If-this-then-that). Você usa o sinal do alarme no ESP para enviar uma mudança para um canal registrado no IFTT, e lá você compõe regras para que outras ações devem ser tomadas, como email, notificação no celular, mudar o estado de uma lâmpada inteligente, etc.

    Abraço e obrigado por compartilhar!
    Cláudio

    • Jefferson says:

      Claudio,

      Para automação pessoal ou de clientes sob contrato, eu acho a idéia do IFTTT bem útil. Mas conversar diretamente com um servidor de email deve continuar sendo uma idéia melhor para produtos comerciais por muitos anos ainda. Que eu me lembre a forma de se mandar email só mudou duas vezes em duas décadas. E sempre por causa dos spammers. A primeira impedindo que você se conecte diretamente ao servidor de destino e a segunda trocando a porta de 25 para 587. Enquanto isso empresas como a Google obsoletam APIs a cada x anos e descontinuam serviços inteiramente porque “apenas” x milhões de pessoas o usam.

      Eu reitero que acho o IFTTT útil e possivelmente vou experimentar com ele nas próximas semanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *